Desabafo

Desabafo

Ás vezes me vejo dentro de um furacão. Tudo gira e passa por mim em uma velocidade inimaginável, eu mudo e mudo o que sinto na mesma velocidade. O misto de saudade, alegria, tristeza, mágoa e frustração se perdem e se encontram gradativamente. É uma explosão de cores no meio de uma guerra travada por medo, desejos e perdas. Para onde ir? Partir ou ficar? Controlar ou deixar do jeito que tá? Do jeito que tá não dá, a agonia faz a boca secar, o coração trava uma luta com a razão. Continuar no que te fazia feliz e que agora te aflige, ou seguir para o desconhecido e curar as necessidades do passado? A dúvida revela situações que você nunca imaginou ou nunca quis enxergar. Cansei de me privar e quebrar a cara, cansei desse jogo de inveja que me rodeava, cansei de ver pessoas que só pensam em si magoando outras, cansei de viver nesse mundinho preto e branco onde a felicidade ronda de vez enquanto apenas. Quero ser livre em tudo, nos desejos, nas amizades e no amor, quero ser livre na vida, quero que ela me mostre à direção, quero fazer valer a pena, quero virar a página e deixar para trás o que não interessa mais.

Anúncios

4 comentários em “Desabafo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s