Coluna da Luana

Colhi flores pelo caminho

 

large (10)     Durante muito tempo, eu passeava por caminhos onde não haviam  flores. Foram tempos dificeís. Minha  mente era bombardeada por  milhões de   pensamentos -bons e ruins – e tudo parecia não dar certo.  Parecia  que eu estava jogada num canto, sem nenhuma vela a me  iluminar. Vivia nas melodias melancólicas, dos meus  artistas favoritos, com medo daquele frio nunca passar. E por mais escuro que fosse, por mais que as olheiras fossem fundas e meus olhos afundassem nelas, havia esperança. Esperança que me invadia e me fazia acreditar que bons ventos trariam as boas novas, assim, sem avisar, sem mandar um recadinho básico dizendo: “olha só, tô chegando na sua vida, viu?”. E foi assim que aconteceu. Minha vida floreceu. A felicidade se instalou aqui dentro, do meu peitinho -agora- quentinho e resolveu passar uma temporada por aqui. Tá sendo tão bom, que o medo de pertercer a tristeza, uma vez entoada nas minhas músicas favoritas, desapareceu. Ainda há muito medo -muito mesmo-, mas com o tempo tudo vai passar e aquilo que hoje me paralisa, amanhã me fará encarar as coisas e situações com naturalidade.

Acredite nos dias melhores. Acredite no tempo ao tempo. Acreditar, essa é a chave de tudo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s