Leituras do Mês: Setembro/Outubro

 

Hey 🙂

Gente mais uma vez desculpa, sei que to super ausente daqui, mais to em uma correria só.

Há um tempo atrás coloquei a minha lista literária do mês, e disse que a partir dela iria fazendo resenha de cada um deles, e até agora só consegui fazer de um, mais já li todos e mais um hahaha então para não ficar com muitos livros sem resenhar, resolvi fazer esse post compacto com “mini” resenhas haha apenas a minha opinião bem resumida de cada um desses que li nesse último mês.

E ainda essa semana posto minha lista desse mês hahaha prometo que dessa vez tentarei fazer uma resenha por semana haha.

Então vamos ao que  interessa e aos livros lidos entre Setembro/Outubro:

invisivel

“Sthephen passou a vida do lado de fora, olhando para dentro. Amaldiçoado desde o nascimento, ele é invisível. Não apenas para si mesmo, mas para todos.”

Quando me interessei por este livro, nunca imaginei o rumo que o mesmo tomaria rs.

Stephen, um personagem adorável, é invisível, totalmente ninguém consegue vê-lo, nem mesmo sua mãe. Ela era a única que o amava por completo, mesmo com sua invisibilidade. Quando a mãe Stephen morre ele se vê totalmente sozinho no mundo, literalmente invisível. Seu pai não o aceitava, apenas lhe mandava dinheiro e mantinha um apartamento para que Stephen vivesse bem longe.

A vida de Stephen era monótona e vazia, até que um dia o apartamento do lado é alugado, e ele conhece sua nova vizinha Elizabeth uma menina que se acha totalmente estranha, mais é adorável e milagrosamente consegue enxergar Stephen. E é a partir deste encontro que a vida de Stephen começa a mudar. Juntos e com a ajuda de Laurie o irmão divertidíssimo de Elizabeth eles embarcam em uma jornada em busca de explicações sobre a maldição de Stephen e como podem quebra-la.

Gostei bastante do livro, a narração é leve, e muda um pouco já que vemos a história pelo ponto de vista de Stephen e Elizabeth, e o tom cômico fica por conta de Laurie que mesmo não vendo Stephen compra sua história e resolve ajuda-lo também. Temos outros personagens secundários que aparecem no decorrer da trama agregando muito a narrativa. O que me fez murchar um pouco com a leitura foi o fato de achar que o enredo seria um e no final é a leitura segue uma linha totalmente diferente. Mas recomendo muito a leitura, não vou falar muito para não estragar a surpresa da leitura haha.

Autor: David Levithan e Andrea Cremer

Editora: Galera Record

Ano: 2014

Páginas: 322

Nota: 3/5

carta de amor aos mortos

Carta de amor aos mortos é um daqueles livros, em que você se apaixona do início ao fim. A narrativa é brilhante e feita por Laurel, só que escrita em cartas.

Laurel é uma jovem ainda muito perturbada e perdida desde que sua irmã mais velha May morreu tragicamente. Depois do acontecido Laurel decide cursar o Ensino Médio em outra escolha, para evitar as pessoas e os comentários sobre este ocorrido que ainda a abala muito.

A rotina em seu novo colégio é assustadora e para completar, a professora de inglês resolve passar uma tarefa nada convencional: Escrever uma carta para alguém que já morreu. E então Laurel começa a escrever em seu caderno várias mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Whinehouse, Elizabeth Bishop …. Sem nunca entrega-las a professora.

Nessas cartas ela analisa a história de cada uma dessas personalidades e tenta desvendar os mistérios por trás de suas mortes. Ao mesmo tempo, conta sua própria vida, como as amizades no novo colégio e seu primeiro amor. Mas mesmo tentando Laurel não pode escapar de seu passado. E é só quando ela resolver escrever a verdade sobre o que aconteceu com ela e sua irmã, é que poderá aceitar o que houve com May e perdoar não só a irmã como a si mesma.

Me apaixonei por Laurel de uma tal forma que foi difícil ter que acabar a leitura rsrs. Se você ainda não leu este livro, corra e lei já haha.

Autor: Ava Dellaira

Editora: Seguinte

Ano: 2014

Páginas: 344

Nota: 5/5

fangirl

Ta ai um livro que me ganhou só pelo título, e quando li a sinopse foi amor a primeira linha hahaa. Primeiro porque o livro aborda a questão de fanfics, as quais eu já escrevi a uns anos atrás, e acho que por isso amei ainda mais a leitura.

Cath e Wren são gêmeas, que foram criadas pelo pai, pois a mãe delas as abandonou quando ainda eram crianças. Elas sempre foram unha e carne, até o dia que foram para a faculdade e Wren resolve que não quer a irmã como sua colega de quarto, e meio que a deixa em segundo plano, nessa noa fase de suas vidas.

Wren sempre foi sociável, e Cath a introvertida e dependente da irmã. Enquanto Wren vive em festas, Cath só tinha Regan ( sua colega de quarto ), Levi ( namorado de Rega ) e Nick ( parceiro de escrita ) por perto e mesmo assim os evitava sempre que podia, porque ela era responsável por um das fanfics mais famosas de Simon Snow, sua série de livros favorita, e precisava de tempo para escrever os  novos capítulos da fanfic.

De uma forma leve e resumida, no livro acompanhamos a vida de Cath nessa nova fase de sua vida, cheia de insegurança e medo.

Fangirl é um livre leve, envolvente, com romance, alegrias e tristezas, uma leitura super tranquila e empolgante.

Os: Me apaixonei por Levi, teve momentos que queria o transformar em alguém de verdade hahaha muito amor por esse personagem.

Autor: Raibow Rowell

Editora:Novo Século

Ano: 2014

Páginas: 433

jzxzNota: 5/5

A vida do livreiroUma pequena cidade e sua única livraria. Um livreiro sistemático, solitário e preso ao passado. Um livro raro roubado. Um policial que gosta de romances policiais. Uma representante de vendas que nunca mente a um cliente sobre a qualidade dos livros que vende. Um misterioso pacote deixado na livraria. Um livro que fala de livros.

Um livro que coloquei na minha lista de desejos só por colocar, um livro que nem a capa e nem o título me chamaram a atenção, e depois de algumas idas a livraria, resolvi compra-ló. Mais o coloquei em um último na listinha de lituras, mais depois de algumas indicações resolvi ler logo, e não me arrependi. Não vou me alongar muito nessa resenha para não dar nenhum spoiler desse livro maravilhoso e que de certa forma mexeu bastante comigo e com a minha forma de ver e pensar sobra alguns assuntos, um livro que eu estava precisando ler, uma leitura leve, envolvente e intrigante.

O livro conta a vida de A.J um livreiro solitário e amargo, que após a morte da esposa se fecha para o mundo, o que o mantém é a sua livraria e seus livros, em especial um, que é raríssimo e que A.J mantém guardado em seu apartamento localizado em cima da loja, em uma redoma de vidro. A vida do livreiro se resume em trocar minímas palavras com a funcionária mal-humorada de sua livraria durante o dia, e a noite comer comida congelada enquanto toma um belo porre, e toda noite é a mesma coisa, ele fica bêbado e tem arrumar sua bagunça no dia seguinte. Até que uma noite seu livro raríssimo some e a vida de A.J muda da água para o vinho depois deste ocorrido.

Nunca li nada parecido com este livro, uma leitura que te prende, te surpreende, encanta e além de tudo te intriga.

Autor: Gabrielle Zevin

Editora: Paralela

Ano: 2014

Páginas: 192

Nota: 5/5

E aí alguém já leu algum desse? Ou tem vontade de ler?

Espero que tenham gostado e que adicionem em suas listinhas hahahaha

Me contem aqui se já leram ou tem vontade de ler algum desses, ainda essa semana coloco minha listinha com mais 3 que vou ler esse mês 🙂

=*

Nathy M.

Anúncios

9 comentários em “Leituras do Mês: Setembro/Outubro

  1. Oi, Nathy!
    Desses três, só li “A vida do livreiro A. J. Fikry” e não gostei 😦
    Em minha defesa, gostei do início da narrativa e achei que a escrita realmente prendia o leitor. Mas depois, pra mim, ficou parecendo que a história não desenvolveu todo o seu potencial, bem como os personagens. Não sei, achei que a autora se perdeu um pouco. (Mas juro que esse e o “Alta fidelidade” foram os únicos que não gostei dos que li esse ano! Hahahahaha!) E entendo o porquê de muita gente gostar dele…
    Lendo sua resenha, fiquei bem curiosa pra saber porquê a irmã da Laurel morreu, me interessei pelo livro! 🙂
    Beijos!

    1. Olá Nati 🙂
      Obrigada pelo comentário …

      Jura? hahaha eu achei que não ia gostar também, não sei porque achei que ia ser monótona a leitura, mais me surpreendi muito e até que simpatizei bastante com A,J, concordo que tem um certo ponto que o livro não trás mais nenhuma surpresa, mais não sei acho que a simplicidade da história me comoveu hahaha … Depois me conta quais são seus favoritos do ano hahaha.
      Leia Cartas de Amor aos mortos sim você vai adorar, a curiosidade é inevitável e a autora consegue prender bastante sua atenção com isso, depois me conta se gostou 🙂

      Beijooo!!!

  2. Ameei tudo aqui!
    Fiquei feliz em saber que você gostou das minhas indicações! A. J. Fikry e Cartas de Amor foram uns dos melhores livros que li esse ano. Ah leia o livro Os Mentirosos da E. Lockhart, eu gostei bastante quem sabe você goste também! 🙂
    Estou louca para ler Invisível, gostei bastante da escrita do David Levithan depois que li Will & Will.
    Beijocas! ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s