Resenhas!

#Resenha: A Sereia

20160506_074931

Sinopse: Anos atrás, Kahlen foi salva de um naufrágio pela própria Água. Para pagar sua dívida, a garota se tornou uma sereia e, durante cem anos, precisa usar sua voz para atrair as pessoas para se afogarem no mar. Kahlen está decidida a cumprir sua sentença à risca, até que ela conhece Akinli. Lindo, carinhoso e gentil, o garoto é tudo o que Kahlen sempre sonhou. Apesar de não poderem conversar pois a voz da sereia é fatal , logo surge uma conexão intensa entre os dois. É contra as regras se apaixonar por um humano, e se a Água descobrir, Kahlen será obrigada a abandonar Akinli para sempre. Mas pela primeira vez em muitos anos de obediência, ela está determinada a seguir seu coração.

Eu estava super ansiosa para ler esse livro, amo a Kiera e sou apaixonada na série A Seleção. Esse foi o primeiro livro da autora, antes mesmo da série, porém só foi publicado esse ano aqui no Brasil. Um livro único sobre mitologia. A escrita da Kiera é super simples, envolvente e de fácil entendimento. As capas são belíssimas, o que torna a leitura ainda mais atraente.

O livro aborda a mitologia das sereias. Somos apresentados a Kahlen, uma jovem sonhadora e romântica que, durante uma viagem com a família, viu a embarcação tombar afogando todos os seus tripulante, incluindo seus familiares. Mas antes de se afogar a jovem foi apresentada a um trio de mulheres, sereias, a serviço da Água ( que é a mãe e “Chefe” do grupo ). Elas convidam Kahlen a se juntar ao grupo em uma tarefa um tanto difícil. O livro conta a saga dessas meninas, que são salvas pela Água e em troca precisam doar 100 anos de suas vidas à ela.

20160506_075012

Kahlen nunca se adaptou a essa “tarefa, tirar vidas com seu canto para alimentar a Água e, assim continuar vivendo imortal por 100 anos, sem nunca se ferir e nem precisar de algumas necessidades da vida humana.

Seu maior sonho sempre foi encontrar o amor da sua vida e se casar, mas isso nunca foi possível, pois a jovem nunca passava tempo suficiente em um lugar e, sempre temeu que seus segredos fossem descobertos. Kahlen sofre muito com o mal que causa ao mundo, mas quando ela menos espera encontra o jovem Akilin e aí é apresentada ao amor e isso preenche seu coração tão vazio. Ela se deixa envolver, se aproxima, mesmo sem poder falar com o jovem, começa a gostar dele de verdade. Pela primeira vez, depois de 80 anos Kahlen se sente humana novamente, porém a sereia não sabe como viver esse amor, são muitos segredos e obstáculos a serem enfrentados.

20160506_075003

A história é muito bonita, é um livro leve, doce. Li em dois dias, os capítulos fluem de forma agradável e convincente. As outras sereias também são cativantes e indispensáveis para o desenrolar da história. Para quem curte um bom romance, A Sereia é uma ótima opção.

“Talvez o segredo para eu poder seguir em frente não fosse eliminar tudo o que sentia. Talvez só precisasse me concentrar no único sentimento que fazia todos os outros parecerem menores.”

AUTOR(A): Kiera Cass

EDITORA: Seguinte

ANO: 2016

PÁGINAS: 328

NOTA: 4/5

E aí alguém mais aqui é fã da Kiera? Já leram ou estão pensando em ler alguma obra da autora? Me contem aqui nos comentários 😉

Xx

Nathy Monteiro

Anúncios
Resenhas!

#ResenhaDupla: Harry Potter – A Câmara Secreta / O Prisioneiro de Azkaban

20160503_074124

Hey Pessoas,

Como vocês já sabem, estou participando do lendo Harry Potter ( relendo no meu caso), projeto da Ju do Nuvem Literária. Eu to lendo junto com o grupo mas não postei a resenha do Câmara Secreta ( lido em março ) e resolvi postar junto com o a do Prisioneiro de Azkaban ( lido em abril ) para ficar tudo completo por aqui 🙂

Harry Potter e a Câmara Secreta

20160503_074230

Harry volta a rua dos Alfeneiros 4, para mais um ano de férias na casa de seus tios trouxas. Como sempre sua estadia é péssima e ele só deseja voltar logo para escola. No dia do seu aniversário de 12 anos nenhum dos seus amigos lembra de enviar cumprimentos, carta ou um bilhete qualquer, esse sem dúvida estava sendo o seu pior aniversário e para completar, seu tio Valter tinha um jantar profissional em casa. Harry como sempre precisava ficar “invisível”, como se não fizesse parte daquela família.

Ao entrar em seu quarto com a intenção de fazer o mínimo barulho possível, Harry é surpreendido por uma criatura de orelhas grandes, olhos esbugalhados verdes do tamanho de bolas de tênis. O nome dele é Dobby, um elfo doméstico que foi lhe pedir para não voltar a escola de magia, pois estaria correndo um grande perigo. Harry claro não dá ouvidos ao elfo e o mesmo arruma um jeito de arruinar o jantar dos tios, com o intuito de proibir que o menino vá a Hogwarts. E claro Dobby consegue, e deixa Harry em uma situação delicada e em um castigo perpétuo com direito a grade na janela e tudo mais.

A sequência da série é ainda melhor, novas artimanhas do mundo mágico são apresentadas e um Harry mais atento e por dentro de sua verdadeira identidade. Outro ponto muito bacana do livro é a amizade com Rony e Hermione, esses se mostram ainda mais leais ao bruxinho, e na minha opinião essa é a grande mensagem do livro.

Esse é o livro onde nos familiarizamos mais com os personagens e o seu mundo mágico. Já estamos adaptados a Hogwarts e isso faz com que a leitura flua melhor. A trama é muito bem construída, com bastante mistério e suspense. É impossível não amar Harry e sua turma.

São as nossas escolhas, mais do que as nossas capacidades, que nos mostram quem realmente somos.

 

AUTOR(A): J.K ROWLING

EDITORA: ROCCO

ANO: 2015

PÁGINAS: 252

NOTA: 5/5

 

Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban

20160503_074142

Harry está sobrevivendo a mais um verão terrível na casa dos tios. Para piorar ainda mais, tia Guida resolveu visitar a família e como uma legítima Dursley, a mulher detesta Potter e faz de tudo para irritar o garoto. E é no meio de um jantar que Guida começa a insultar os pais de Harry e sem conter a raiva ele acaba lançando um feitiço contra tia. Depois ele resolve sair de lá, sem nenhum lugar para ir.

Harry acaba no beco diagonal, depois de uma viagem bem eletrizante. Lá o menino encontra o ministro da magia, que estava lá para proteger Potter de Sirius Black, um perigoso fugitivo de Azkaban e ao que tudo indica está atrás de Harry.

Mesmo com todas essas questões, o menino volta para seu terceiro ano em Hogwarts, mas as coisas estão um pouco diferentes por lá. Harry tem que se esforçar ainda mais nas partidas de quadribol, e ainda tomar muito cuidado com os guardas de Azkaban, que estão por todo o território da escola a procura de Sirius.

Com certeza esse é um dos melhores livros da saga. Harry está crescendo e é notória a evolução só bruxinho. O livro conta também com novos elementos, conhecemos ainda mais Hogwarts e os mistérios que a escola guarda. E o final é de tirar o fôlego, mesmo para quem está relendo.

Pode se encontrar a felicidade mesmo nas horas mais sombrias, se a pessoa se lembrar de acender a luz.

AUTOR(A): J.K ROWLING

EDITORA: ROCCO

ANO: 2015

PÁGINAS: 318

NOTA: 5/5

No final do mês eu volto com a resenha do meu livro favorito da saga 😉

 

XxNathy Monteiro

 

 

Devaneios da Nathy

Que amanhã eu volto a respirar? …

74e7996d4a1562a890c3e2e8b897c1f2

Esses dias me perguntei porque guardamos tanta coisa? Não só material mais toda a bagagem seja ela física ou emocional. Porque trancamos tudo? Medo? Insegurança? Medo de que? Do que vão pensar e falar ou o que vão desejar? Deixa falar, deixa para lá. A vida é tão gostosa, para que medir as palavras, sentimentos, momentos? Vamos abrir a porta, para vida, para o mundo e para o que ele quiser trazer. Seja dor ou amor. Se e é para entrar que seja pela porta da frente e que saia por ela também, se for o caso. A eu já escondi tanta coisa não só do mundo como de mim mesma, e para que? Dói mostrar a fraqueza, mostrar que ta ferida, mas é normal, todo munda cai, se machuca e depois levanta. Se permita menina, não deixe que o mundo te molde é você que deve molda-lo.

 

Ps: Uma música linda me inspirou para fazer esse texto e é só clicar Aqui para ouvir também.
Dá o play

#Top 5: Bandas do Coração (Parte I)

Hey Pessoas 😉

Resolvi aparecer e dividir um pouco do meu gosto musical com vocês hahaha. Nesse post vou colocar minhas 5 bandas internacionais favoritas e na parte 2 estarão as minhas 5 bandas nacionais do coração hahaha. Confesso que colocar só 5 bandas aqui foi bem difícil porque tenho várias favoritas, mas tem aquelas que são os nossos amorzinhos né. Então vamos lá.

  1. Incubus

Vamos dizer que é a minha banda favorita de todos os tempos e a única da lista que ainda não fui a um show 😦 … A vida podia colaborar para isso acontecer esse  ano né? Então gosto de Incubus já tem bastante tempo e quem me apresentou essa banda foi uma primo e nunca mais parei de ouvir.

 

2. Kings Of Leon

A Banda que tem a minha música favorita da vida, sabe aquela música que te representa em qualquer momento? Então essa música é Use Someboody. Tenho muitas outras músicas favoritas deles e é aquela banda que eu escuto quando as coisas não estão dando muito certo, o som deles me acalma e revigora sabe?

 

3. Thirty Seconds To Mars

Não tenho nem o que falar dessa banda. A voz do Jared é tão incrível e as músicas são carregadas de tanto sentimento. É tipo impossível não amar 30 Seconds e mais difícil ainda é escolher só duas músicas para colocar aqui rs

4. Foo Fighters

Foo é aquela banda quase obrigatória na playlist de quem curte Rock. Sem dúvida o melhor show que já fui na vida foi deles e to sempre cantarolando uma música deles por ai.

 

5. Evanescence

A última porém não menos importante. Meu primeiro show de Rock da vida, a primeira banda que me marcou mesmo, que ouvi durante grande parte da minha adolescência.

 

E aí quais são as bandas favoritas de vocês? Me contem aqui, bora bater aquele papo gostoso sobre música 😉

 

XxNathy M.

Devaneios da Nathy

Novidades

hearder-sitenathy

Hey Pessoas,

Como perceberam o blog está de cara nova e nome novo hahaha. E vim explicar um pouquinho essas mudanças para vocês. Eu estava querendo mudar o layout do blog a um tempinho já e eu e a linda da Talita que sempre faz as artes incríveis e me ajuda com essa parte aqui no blog conversamos um pouco sobre a novo logo e ela sugeriu que o blog levasse meu nome a partir de agora.  Aí vocês me questionam o porque de mudar o nome do blog depois de tanto tempo e eu explico. O blog vem passando por umas mudanças já tem um tempo e eu também. E acho que prefiro que ele não seja ligado a apenas um segmento e sim a vários, quero usá-lo como um cantinho meu onde eu posso expor minhas idéias, gostos e opiniões  separados nas categorias.

Então por isso a mudança repentina de nome e espero que vocês gostem e continuem visitando esse meu cantinho que eu tanto amo.

Mas uma vez obrigada Talita pela arte e toda a mudança por aqui ficou incrível. E para quem quiser conhecer mais o trabalho incrível de Lettering que a Talita Marques faz vou deixar aqui os contatos dela.

Instagram Talita Marques

Twitter Talita Marques

XxNathy Monteiro

Resenhas!

Harry Potter e a Pedra Filosofal

12661924_1106397719371670_8901440724722386512_n

Hey,

Para quem não sabe estou participando de um projeto para ler HP e no meu caso estou relendo e amando novamente, li o primeiro em fevereiro mas atrasei um pouco a resenha rs. Que delicia reler esse livro depois de quase 10 anos desde a primeira leitura. Me surpreendi novamente, foi como se eu tivesse lendo pela primeira vez novamente. Foi maravilhoso voltar a esse universo, redescobrir Hogwarts. Obrigada Ju por essa experiência maravilhosa, está sendo delicioso participar deste projeto.

Harry Potter foi minha primeira paixão literária, posso dizer que a partir dessa série que comecei a amar os livros e não parei mais.

A aventura começa no fatídico dia das mortes de Lilian e Tiago Potter, pais de Harry. Ambos assassinados por Voldemort. Harry foi deixado na monótona rua dos Alfeneiros aos cuidados dos seus tios trouxas Válter e Petúnia Dursley. Até os 11 anos anos Harry não sabia nada sobre sua vida na “magia”,  muito menos que seus pais eram bruxos e que havia uma vaga na escola de magia e bruxaria de Hogwarts o aguardando desde seu nascimento.

nuvem 2

Em Hogwarts o menino começa a conhecer mais sobre o seu mundo, até então desconhecido. Lá Harry também descobre o que é ter amigos. Rony Weasley é o primeiro deles e logo depois Hermione Granger se junta aos garotos, formando assim o trio mais lindo de bruxinhos de todos os tempos.

Mas como nem tudo são flores, Harry também faz algumas inimizades ao longo de sua trajetória na escola, sendo algumas delas Draco Malfoy um bruxinho para lá de invejoso da Sonserina e Severo Snap professor de Poções na escola de magia.

Em meio a descobertas, aulas, partidas de quadribol e banquetes deliciosos, Harry começa a se meter em algumas confusões e descobrir que ser bruxo não é tão simples assim. Ainda mais quando o maior bruxo das trevas está prestes a voltar e terminar o serviço que deixou incompleto a 11 anos atrás.

nuvem 1

O livro é uma introdução a vida de Harry e sua evolução como bruxo. Com muita aventura e bom humor, começamos a amar Harry, Rony, Mione e tudo em Hogwarts.

Para quem já leu, vale a pena matar as saudades e quem ainda não leu corre por favor, esses bruxinhos vão roubar seus corações.

AUTOR(A): J.K Rowling

EDITORA: Rocco

ANO: 2015

PÁGINAS: 223

NOTA: 5/5

Ps: Essa leitura foi realizada também para o Desafio Literário na categoria opcional ( um livro com magia )

 

Até a próxima e me sigam lá no Snap: nathydelgado 😉

 

Devaneios da Nathy

Um Sinônimo de Palavras

23abf1a27e6ef70df82f7eaf3f6300ac

Nunca escrevi com a intenção de agradar alguém. Nunca quis que atingisse  um certo alguém, sempre escrevi para me libertar, para me conhecer, me desvendar. Foi o único modo que achei de me encontrar. Sem ilustrações, sem títulos ou rótulos, sem rodeios. Apenas lápis, papel e um monte de sentimentos para preencher as linhas em branco. Não escrever me tira do eixo, me destabiliza, é como se eu não me reconhece-se. Me sinto oca, vazia, apenas uma imagem no espelho, apenas mais um corpo por aí. Mas aqui dentro ainda tem pulsação, ainda tem dores e uma dose de esperança. Me passo para o papel com a intenção de ter cor, de ser viva, de ser alguém.

 

Xx Nathy M.