#Resenha: A Sereia

20160506_074931

Sinopse: Anos atrás, Kahlen foi salva de um naufrágio pela própria Água. Para pagar sua dívida, a garota se tornou uma sereia e, durante cem anos, precisa usar sua voz para atrair as pessoas para se afogarem no mar. Kahlen está decidida a cumprir sua sentença à risca, até que ela conhece Akinli. Lindo, carinhoso e gentil, o garoto é tudo o que Kahlen sempre sonhou. Apesar de não poderem conversar pois a voz da sereia é fatal , logo surge uma conexão intensa entre os dois. É contra as regras se apaixonar por um humano, e se a Água descobrir, Kahlen será obrigada a abandonar Akinli para sempre. Mas pela primeira vez em muitos anos de obediência, ela está determinada a seguir seu coração.

Eu estava super ansiosa para ler esse livro, amo a Kiera e sou apaixonada na série A Seleção. Esse foi o primeiro livro da autora, antes mesmo da série, porém só foi publicado esse ano aqui no Brasil. Um livro único sobre mitologia. A escrita da Kiera é super simples, envolvente e de fácil entendimento. As capas são belíssimas, o que torna a leitura ainda mais atraente.

O livro aborda a mitologia das sereias. Somos apresentados a Kahlen, uma jovem sonhadora e romântica que, durante uma viagem com a família, viu a embarcação tombar afogando todos os seus tripulante, incluindo seus familiares. Mas antes de se afogar a jovem foi apresentada a um trio de mulheres, sereias, a serviço da Água ( que é a mãe e “Chefe” do grupo ). Elas convidam Kahlen a se juntar ao grupo em uma tarefa um tanto difícil. O livro conta a saga dessas meninas, que são salvas pela Água e em troca precisam doar 100 anos de suas vidas à ela.

20160506_075012

Kahlen nunca se adaptou a essa “tarefa, tirar vidas com seu canto para alimentar a Água e, assim continuar vivendo imortal por 100 anos, sem nunca se ferir e nem precisar de algumas necessidades da vida humana.

Seu maior sonho sempre foi encontrar o amor da sua vida e se casar, mas isso nunca foi possível, pois a jovem nunca passava tempo suficiente em um lugar e, sempre temeu que seus segredos fossem descobertos. Kahlen sofre muito com o mal que causa ao mundo, mas quando ela menos espera encontra o jovem Akilin e aí é apresentada ao amor e isso preenche seu coração tão vazio. Ela se deixa envolver, se aproxima, mesmo sem poder falar com o jovem, começa a gostar dele de verdade. Pela primeira vez, depois de 80 anos Kahlen se sente humana novamente, porém a sereia não sabe como viver esse amor, são muitos segredos e obstáculos a serem enfrentados.

20160506_075003

A história é muito bonita, é um livro leve, doce. Li em dois dias, os capítulos fluem de forma agradável e convincente. As outras sereias também são cativantes e indispensáveis para o desenrolar da história. Para quem curte um bom romance, A Sereia é uma ótima opção.

“Talvez o segredo para eu poder seguir em frente não fosse eliminar tudo o que sentia. Talvez só precisasse me concentrar no único sentimento que fazia todos os outros parecerem menores.”

AUTOR(A): Kiera Cass

EDITORA: Seguinte

ANO: 2016

PÁGINAS: 328

NOTA: 4/5

E aí alguém mais aqui é fã da Kiera? Já leram ou estão pensando em ler alguma obra da autora? Me contem aqui nos comentários 😉

Xx

Nathy Monteiro

Anúncios